Covid-19: máscara reduz crescimento de novos casos

0
130

Um estudo europeu sugere que o uso obrigatório das máscaras é capaz de reduzir em até 40% o crescimento da taxa de novos casos de Covid-19. Conduzida por cientistas das universidades de Kassel, Johannes-Gutenberg Mainz e TU Darmstadt, na Alemanha, e pela Universidade do Sul da Dinamarca, a pesquisa foi publicada em 22 de junho, no portal VoxEU.

Os cientistas analisaram o cenário da cidade de Jena, a 260 quilômetros da capital Berlim. Com 100 mil habitantes, a cidade tornou obrigatório o uso do equipamento de proteção facial em locais públicos em 6 de abril, três semanas antes de a medida ser estendida para outras localidades da Alemanha.

Com a medida, o número de novas infecções registradas caiu para aproximadamente zero nos dias seguintes. Após 20 dias, a cidade registrou apenas 16 novos casos, totalizando 158. Como critério de comparação, os pesquisadores projetaram uma cidade com as mesmas características ambientais e sociais de Jena, porém, sem a implementação do uso obrigatório das máscaras. Neste modelo, os novos casos avançaram 23%, passando de 143 para 205 no mesmo período.

A prática também é recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS)e faz parte de uma estratégia abrangente de medidas para suprimir a transmissão do coronavírus e salvar vidas. No entanto, não é suficiente para acabar com o risco de contaminação. “Também é importante manter uma distância física mínima de pelo menos 1 metro de outras pessoas, limpar frequentemente as mãos e evitar tocar no rosto e na máscara”, segundo a entidade internacional.

Leia mais:
100% das unidades hospitalares do interior do AM já têm respiradores
Risco de transmissão de coronavírus por animais de estimação é “muito pequeno”
5 medidas para proteger indígenas da Covid-19

Com informações do Portal Metropoles*

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui