Simone Papaiz é exonerada da Secretaria de Saúde

0
202
FOTO: DIVULGAÇÃO

A edição do Diário Oficial do Estado (DOE) desta segunda-feira, 6/7, traz a exoneração da secretária de Saúde (Susam), Simone Papaiz; do procurador-chefe da Superintendência Estadual de Habitação (Suhab), João Paulo Marques; e da gerente de compras da Susam, Alcineide Figueiredo Pinheiro. Eles foram presos durante a Operação Sangria, deflagrada pela Polícia Federal no dia 30 de junho.

O governo do Amazonas também publicou a exoneração da secretária de Comunicação Social (Secom), Daniela Assayag, que fez o pedido para a saída neste domingo, 5/7. Ela foi acusada por membros da CPI da Saúde, instalada na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), de ter participado na compra de respiradores com suspeita de superfaturamento.

A secretária executiva da Secom, Cristiane Mota, e o secretário executivo da Susam, Marcellus Campelo, assumem interinamente as respectivas pastas.

Suspensão de pagamentos

O governador do Amazonas, Wilson Lima, determinou a suspensão dos pagamentos destinados a aquisições de materiais, equipamentos e prestação de serviços relacionados ao enfrentamento da pandemia de Covid-19, no âmbito da Secretaria de Saúde (Susam). Também está suspensa a celebração de novos contratos e de aditivos com a mesma finalidade. O decreto será publicado em edição especial do DOE desta segunda-feira (06/07).

Conforme o decreto, os pagamentos só serão efetivados após parecer da Procuradoria Geral do Estado (PGE-AM). Ainda por determinação de Wilson Lima, a Susam, com o auxílio da PGE-AM, vai realizar a revisão e/ou rescisão dos termos de contrato referentes à prestação de serviços, aquisições de medicamentos e materiais médico-hospitalares para combate à pandemia de Covid-19. O objetivo é verificar a necessidade dos objetos contratuais tendo em vista os novos dados epidemiológicos da doença.

Leia mais:
Em tratamento da Covid-19, prefeito de Manaus é transferido para São Paulo
Bolsonaro veta uso obrigatório de máscara em presídios
Instituto Butantan começa a testar vacina chinesa em 20 de julho

Com informações do Portal Toda Hora*

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui