Estudante pode escolher data para realizar prova do Enem

0
237
(Foto: reprodução)

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em sua edição de 2020, precisou passar por diversas mudanças por causa da pandemia do novo coronavírus. Após a decisão do Ministério da Educação (MEC) de adiar as provas, os alunos podem agora decidir quando desejam realizar as provas. Se o estudante optou pelo exame impresso, pode escolher as seguintes datas: 6 e 13 de dezembro; 10 e 17 de janeiro; ou 2 e 9 de maio de 2021. Já para o aluno que optou realizar o exame pela internet, as datas são: 10 e 17 de janeiro; 24 e 31 de janeiro; ou 16 e 23 de maio de 2021. A escolha poder ser feita pelo site enem.inep.gov.br até o dia 30 deste mês.

Os inscritos no Enem e que desejam participar da enquete, podem acessar a Página do Participante, com CPF e senha utilizados no cadastro do portal único do Governo Federal, e indicar o período que preferem para as provas.

O Enem avalia o desempenho do estudante e colabora para o acesso à educação superior, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Programa Universidade para Todos (Prouni) e instituições portuguesas; o acesso ao financiamento e apoio estudantil, como o Fies e o Prouni; e para autoavaliação e desenvolvimento de estudos e indicadores educacionais.

A prova traz algumas novidades na edição deste ano, segundo o MEC, como: aplicação em computador para 100 mil participantes que escolherem participar da primeira edição do Enem Digital, atendimentos específicos para o atendimento especializado; participantes cegos ou surdo-cegos poderão usar leitor de tela, desde que solicitem durante a inscrição; participantes lactantes que levarem o lactente e o acompanhante para a aplicação terão 60 minutos adicionais para fazer as provas, desde que solicitem atendimento especializado durante a inscrição; estudantes autistas e surdo-cegos terão banca especial para correção de suas provas; e as redações escritas em braile serão corrigidas no Sistema Braile. 

Carteira de Trabalho, Certificado de Reservista e Certificado de Dispensa de Incorporação não serão aceitos como documento de identificação no dia da prova; a inclusão de foto no sistema de inscrição será obrigatória; e os participantes com doenças infectocontagiosas deverão entrar em contato com o Inep para comprovar a condição.

Para acompanhar todas as novidades referentes ao Enem, o candidato pode acessar enem.inep.gov.br

Leia mais:
Após pressão, Ministério da Educação decide adiar Enem
Deputado pede que preparatório do Enem seja veiculado também pela TV Aleam
Weintraub diz que Enem não foi feito para corrigir injustiças

Por Cíntia Ferreira, do Portal Projeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui