Feirantes disponibilizam 1 de uma tonelada de lanches para entidades carentes

0
132
Fotos: Ruth Jucá/ADS

Tapioca recheada, pamonha e açaí fazem parte do variado cardápio de lanches regionais preparados pelos feirantes da Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS) nesta quarta-feira (27). Em ação conjunta da ADS com as secretarias de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) e de Assistência Social (Seas) e ainda, o Fundo de Promoção Social (FPS), os alimentos adquiridos pelo Governo do Estado foram destinados a sete entidades cadastradas que contam com pessoas em situação de vulnerabilidade social e econômica.

Ao todo, mais de uma tonelada de alimentos foi distribuída. A ação é realizada toda quarta-feira, desde o início do período de isolamento social. O diretor técnico da ADS, Tomás Sanches, conta que os lanches já são aguardados ansiosamente pelos beneficiados e que, além de saborosos, esses alimentos também contribuem para o fortalecimento da imunidade da população vulnerável nesta pandemia.

“É uma ansiedade que nos faz pensar que estamos indo no caminho certo. É importante ressaltar que a aquisição desses produtos leva o Governo a atuar em duas frentes, uma é fortalecendo a economia, já que os produtos são comprados dos feirantes da ADS, que estão adquirindo um retorno financeiro mesmo com nossas feiras suspensas em respeito ao decreto de isolamento social, e outra é a oferta desses alimentos de qualidade, com refeições regionais e saudáveis para pessoas que necessitam fortalecer suas imunidades em várias entidades que atendem crianças, idosos, pessoas com deficiência e moradores de rua”, destacou o diretor.

Responsável pelo fornecimento de tapioca e pé de moleque, Isaac Pinheiro, conhecido popularmente como o “Isaac das Tapiocas”, explica que se não fosse o apoio da ADS, ele estaria jogando toda sua produção no lixo, pois não teria para quem vender.

“Sou produtor rural, trabalho com plantação de mandioca que também é de onde extraio a goma para fazer minhas tapiocas para vender nas feiras da ADS. Meu pé de moleque é produção própria, da plantação da minha propriedade, considerada um dos nossos carros chefes de venda. São produtos bons, mas devido à pandemia, eu fiquei sem ter para quem fornecer minha produção e tive que descartar. Mas ainda bem que não foi por muito tempo e logo, a ADS passou a comprar nossos produtos, gerando novamente uma fonte de renda”, disse o produtor, enaltecendo que o benefício não é só para ele, mas para todas as famílias que vivem da agricultura.

Tereza Pinheiro, que também faz parte do Setor de Alimentação das Feiras da ADS, explica que sempre varia no cardápio com o objetivo de fornecer uma alimentação saborosa às pessoas que serão beneficiadas. Ela é responsável pela entrega de parte das marmitas que são distribuídas.

“Hoje estamos entregando arroz, macarrão, farofa e picadinho, mas sempre estamos variando o cardápio, com frango grelhado, frango frito, carne guisada entre outros. Quando soube que iria contribuir com este ato de solidariedade com pessoas necessitadas, senti um privilégio, não esperava”, disse a feirante que também destacou o apoio financeiro.

Entregas – Entre os locais que receberam os alimentos estão as bases de acolhimento provisório da Arena Amadeu Teixeira, Centro de Convivência da Família Maria de Miranda Leão e Centro Educacional de Tempo Integral (Ceti) Áurea Pinheiro Braga, e também o abrigo de venezuelanos do bairro Coroado.

Além dos lanches, a ADS também disponibilizou, um total de 66 toneladas de alimentos regionais da agricultura local. Entre os produtos comprados, nesta semana, estão abacaxi, abóbora, banana, cheiro verde, couve, maxixe, feijão de metro, mamão, limão, macaxeira, pimentão, pimenta de cheiro, banana pacovã, melancia e laranja, beneficiando 88 produtores rurais em 10 municípios.

Leia mais:
Seas beneficia cerca de duas mil famílias com doações de frutas, verduras e alimentos prontos
Instituições que trabalham com Pessoas com Deficiência recebem alimentos
AM referência em alimentos de proteínas alternativas

Com informações da ADS*

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui