Casos de Covid-19 no Amazonas passam de 20 mil

0
136
Com alta incidência de covid-19, estado deve receber novos hospitais (Foto: reprodução/Prefeitura de Manaus)

O Amazonas atingiu, no último domingo (17), 20.328 casos confirmados da Covid-19. Segundo boletim epidemiológico divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), foram 651 novos casos em relação a sábado (16). Mais 38 pessoas morreram vítima da doença, elevando para 1.413 o total de óbitos.

Em um mês, o estado registrou aumento de mais de 1000% no número de casos e mortes por Covid-19.

De acordo com o novo balanço, 6.670 pessoas com Covid-19 estão estão em isolamento social ou domiciliar.

Entre os casos confirmados de Covid-19, há 582 pacientes internados, sendo:

  • 369 em leitos clínicos (58 na rede privada e 311 na rede pública)
  • 213 em UTI (88 na rede privada e 125 na rede pública).

Ainda de acordo com o governo, há ainda outros 581 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses:

  • 417 estão em leitos clínicos (95 na rede privada e 322 na rede pública)
  • 164 estão em UTI (44 na rede privada e 120 na rede pública).

De acordo Secretaria de Saúde, até as 11h de sexta-feira (15), dos 243 leitos UTI disponíveis na rede pública estadual para pacientes com Covid-19, 82% estavam ocupados. Dos 816 leitos clínicos, a ocupação estava em 63%.

Covid-19 no interior do AM

No estado, 51,2% dos casos confirmados da Covid-19 estão em Manaus, que registra 10.407 contaminados. O interior concentra 48,8%, com o total de 9.921 casos.

Além da capital, 59 municípios têm casos confirmados:

  1. Manacapuru (1.468);
  2. Tefé (762);
  3. Parintins (659);
  4. Coari (618);
  5. Tabatinga (516);
  6. Santo Antônio do Içá (396);
  7. Careiro Castanho (375);
  8. Itacoatiara (368);
  9. São Gabriel da Cachoeira (343);
  10. Iranduba (333);
  11. Rio Preto da Eva (318);
  12. São Paulo de Olivença (277);
  13. Maués (272);
  14. Autazes (268);
  15. Presidente Figueiredo (245);
  16. Boca do Acre (198);
  17. Benjamin Constant (173);
  18. Amaturá (170);
  19. Tapauá (159);
  20. Carauari (147);
  21. Itapiranga (145);
  22. Anori (140);
  23. Tonantins (122);
  24. Barcelos (111);
  25. Fonte Boa (100);
  26. Urucará (97);
  27. Barreirinha (95);
  28. Borba (95);
  29. Beruri (81);
  30. Silves (72);
  31. Novo Airão (71);
  32. Manaquiri (70);
  33. Novo Aripuanã (59);
  34. Jutaí (55);
  35. Nova Olinda do Norte (52);
  36. Maraã (51);
  37. Anamã (50);
  38. Careiro da Várzea (39);
  39. Boa Vista do Ramos(38);
  40. Eirunepé (34);
  41. Urucurituba (34);
  42. Lábrea (33);
  43. Manicoré (29);
  44. Nhamundá (28);
  45. Canutama (22);
  46. Apuí (19);
  47. São Sebastião do Uatumã (18);
  48. Caapiranga (17);
  49. Codajás (17).
  50. Humaitá (14)
  51. Japurá (11)
  52. Alvarães (10)
  53. Guajará (7)
  54. Santa Isabel do Rio Negro (7)
  55. Uarini (5).
  56. Atalaia do Norte (3)
  57. Itamarati (2)
  58. Juruá (2)
  59. Pauini (1)

Diante do avanço da doença no interior, quatro cidades decretaram o “lockdown”, ou seja, bloqueio total na circulação de pessoas. A Justiça amazonense avalia um pedido do Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM) para adoção do “lockdown” também em Manaus e Iranduba.

Com relação às mortes, Manaus registra 949 óbitos em decorrência do novo coronavírus.

Os 45 municípios do interior com óbitos confirmados até o momento, num total de 464, são:

  1. Manacapuru (64)
  2. Tabatinga (46)
  3. Parintins (40);
  4. Tefé (37);
  5. Coari (35);
  6. Itacoatiara (33);
  7. Iranduba (23);
  8. Autazes (21);
  9. Maués (20);
  10. São Gabriel da Cachoeira (12);
  11. Presidente Figueiredo (11);
  12. Benjamin Constant (10);
  13. Borba (9);
  14. Santo Antônio do Içá (8);
  15. Tonantins (8);
  16. Rio Preto da Eva (7);
  17. Careiro Castanho (6);
  18. Barcelos (6);
  19. Manaquiri (6);
  20. Fonte Boa (5);
  21. Beruri (5);
  22. Jutaí (5);
  23. Amaturá (4);
  24. Novo Airão (4);
  25. São Paulo de Olivença (4);
  26. Tapauá (3);
  27. Itapiranga (3);
  28. Silves (3);
  29. Novo Aripuanã (3);
  30. Alvarães (3);
  31. Carauari (2);
  32. Anori (2);
  33. Urucará (2);
  34. Manicoré (2);
  35. Nova Olinda do Norte (2);
  36. Boca do Acre (1);
  37. Barreirinha (1);
  38. Maraã (1);
  39. Careiro da Várzea (1);
  40. Boa Vista do Ramos (1);
  41. Urucurituba (1);
  42. Nhamundá (1);
  43. Caapiranga (1);
  44. Codajás (1)
  45. Santa Isabel do Rio Negro (1).

Leia mais:
Após pico, média de sepultamentos diários cai pela metade
Amazonas amplia em 65,7% número de leitos na rede estadual
Número de recuperados de Covid-19 no Amazonas ultrapassa 10 mil

Com informações do G1*

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui