‘A gente está vendo cenas de filme de terror’, diz prefeito de Manaus

0
199
Foto: Semcom

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB) disse que tanto ele quanto o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), fracassaram ao implementar medidas de distanciamento social na capital e no estado.

Segundo o Ministério da Saúde, o Amazonas é o que tem a maior taxa de incidência da doença em todo o Brasil. São 5.224 casos confirmados e 425 mortes. Segundo Arthur, Manaus vive hoje “cenas de filme de terror”.

Em entrevista ao GLOBO, o prefeito critica a velocidade da ajuda do governo federal à cidade, diz que parte da responsabilidade pela não adesão da população ao distanciamento é do presidente Jair Bolsonaro e diz que, se nada mudar, ele vai recomendar a Lima que decrete o chamado “lockdown”, que implica no fechamento total de todas as atividades comerciais da cidade e o confinamento das pessoas em suas casas.

Confira a entrevista completa AQUI

Leia mais:
Mortes por Covid-19 em Manaus pode ser até sete vezes maior
Papa liga para arcebispo de Manaus para saber sobre pandemia
Prefeito de Manaus chora e pede ajuda

Com informações de O Globo*

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui