Mulher de Moro: ‘Entre ciência e achismos, fico com ciência’

0
192
Poder360 Ideias - Sérgio Moro é o convidado do Poder360 Ideias, no restaurante Piantas. Brasilia, 04-11-2019.Foto: Sérgio Lima/PODER 360

Rosangela Wolff Moro, mulher de Sergio Moro, saiu em defesa do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, em post publicado nas redes sociais, pouco tempo depois em que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse que faltaria “humildade” ao ministro.

“Entre ciência e achismos eu fico com a ciência. Se você chega doente em um médico, se tem uma doença rara você não quer ouvir um técnico? Henrique Mandetta tem sido o médico de todos nós e minhas saudações são para ele. In Mandetta I trust”, escreveu ela.

“In Mandetta I trust” significa “Em Mandetta, eu confio” (na tradução livre) e relembra trecho de mensagem escrita pelo marido dela, Sergio Moro, hoje ministro da Justiça do governo Jair Bolsonaro, e enviada ao procurador Deltan Dallangnol. “In Fux we trust” (Em Fux [ministro do STF], nós confiamos).

Rosangela apagou o post cerca de 30 minutos depois.
(Veja abaixo)

Mais cedo, o presidente Bolsonaro afirmou que não pretende demitir o ministro Mandetta, em meio à pandemia do coronavírus. Mas admitiu que os dois vêm se “bicando”.

“Não pretendo demiti-lo no meio da guerra, mas em algum momento ele extrapolou. Sempre respeitei todos os ministros. A gente espera que ele dê conta do recado. Não é uma ameaça para o Mandetta. Nenhum ministro meu é ‘indemissível’, como os cinco que já foram embora”, afirmou Bolsonaro, em entrevista à rádio Jovem Pan.

Leia mais:
Está faltando um pouco mais de humildade ao Mandetta, diz Bolsonaro
Bolsonaro tem reprovação de 39% na gestão da crise do coronavírus
Amazonas tem 229 casos confirmados; 10% deles no interior

*Reportagem do Uol

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui