Presos são submetidos à quarentena no sistema carcerário do Amazonas

0
27
Secretário informou que presos ficam durante 15 dias em quarentena em Centro de Triagem. (Foto: Divulgação/Seap)

Com a pandemia do novo coronavírus, presos que derem entrada nos presídios do Amazonas serão submetidos à quarentena. A medida anunciada pela Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), nesta quinta-feira (26), ocorre como medida de prevenção à proliferação da doença no estado. O Amazonas tem mais de 50 casos do Covid-19 com uma morte.

O secretário do órgão, coronel Vinícius Almeida, explicou que, com a suspensão das audiências de custódia foram suspensas por 15 dias, todos os presos são levados direto para as unidades prisionais.

Ainda de acordo com o secretário, os presos seguem, como de costume, passando pelo Centro de Triagem (CRT) do presídio. “Nesse momento agora, os internos entram no CRT e ficam em quarentena de 15 dias. Existe uma ala toda reservada para isso e, após 15 dias, com acompanhamento médico, se não apresentarem nenhum sintoma, o preso entra para carceragem”, explicou.

O serviço de saúde das unidades prisionais faz monitoramento de possíveis casos do novo coronavírus, segundo o governo. Ele disse que todos os dias há uma fiscalização para verificar se existe algum interno com algum sintoma da doença.

A Vara de Execução Penal (VEP), do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), analisa uma lista com 72 nomes de internos dos regimes fechado e semiaberto que fazem parte do grupo de risco de contágio pelo novo coronavírus.

Leia mais:
Mandetta muda discurso, segue no cargo e critica quarentena
Coronavírus pode causar ‘genocídio’ de indigenas, diz pesquisadora
Bolsonaro pedirá a Mandetta isolamento somente para idosos e doentes

*Reportagem do G1/Amazonas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui