Para evitar avanço do coronavírus em Manaus, Ponta Negra será interditada

0
199

Com o aumento para sete casos do novo coronavírus na capital, o Complexo Turístico Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus, será interditado a partir deste domingo (22). A medida é por tempo indeterminado, segundo informou neste sábado (21) a Prefeitura de Manaus.

Desde o dia 29 de fevereiro até esta sexta-feira (20), o Amazonas registrou 72 casos suspeitos da Covid-19, dos quais 52 foram descartados, 13 estão em investigação e sete foram confirmados. Desses, seis foram importados e um está em investigação para saber a origem do contágio do paciente.

O acesso à área de praia também será proibido e as linhas regulares do transporte coletivo vão deixar de operar para atender ao complexo. Os pontos e atividades comerciais ficarão fora de operação tanto no calçadão quanto na areia. A Guarda Municipal e a Polícia Militar vão atuar para fechar os acessos ao complexo e balneário, devido à pandemia.

Manaus em emergência

Manaus está em Situação de Emergência desde a confirmação do primeiro caso do novo coronavírus. O prefeito de Manaus foi um dos primeiros gestores públicos do país a anunciar medidas de proteção à população para prevenir o contágio da Covid-19, declarada como pandemia pela OMS e que já está presente em mais de 160 países.

Leia mais:
Ritmo de contágio no Brasil está igual ao registrado na Itália e acelerando
Unidades de suposto álcool em gel são apreendidas em Manaus
Desembargador eleitoral do Amazonas testa positivo para coronavírus

*Reportagem do G1/Amazonas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui