Políticos do Amazonas comentam pandemia nas redes sociais

0
156

O Portal Projeta realizou um levantamento dos comentários de alguns políticos amazonenses nas redes sociais sobre a pandemia do coronavírus (Covid-19). A maioria das informações foram extraídas do Twitter e algumas do Facebook.

No Twitter, o senador amazonense Plínio Valério (PSDB) comentou que está em sua casa, em Manaus, seguindo as orientações sanitárias de isolamento e aguardando instruções para realizar a votação virtual do reconhecimento do estado de calamidade pública pelo Senado Federal. 

“Estou tomando as precauções necessárias, obedecendo as autoridades de saúde e torcendo para que tudo isso passe logo. Como sou um homem que acredita em Deus, tenho fé que tudo vai dar certo e esse susto vai passar logo. Fiquem em casa. Hora de ressignificação, resiliência e obediência”, twittou o senador tucano.

O senador Eduardo Braga (MDB) divulgou uma nota oficial de seu partido que expressa apoio ao pedido do Governo Federal de reconhecimento de estado de calamidade pública. Ele também tem compartilhado diversos posts com informações orientativas sobre o novo coronavírus.

Eduardo Braga também twittou nesta quinta-feira (19) a seguinte mensagem: “Em conversa com o Senador Anastasia, presidente em exercício do Senado Federal, e com o líder Eduardo Gomes, acertamos que até às 11h de amanhã (20), com ou sem sistema remoto de votação, aprovaremos o Decreto de Calamidade Pública por entendimento ou contrasenha por telefone”.

Omar Aziz, senador pelo PSD Amazonas, também tem intensificado suas postagens sobre o tema. No dia 13 de março, ele comentou sobre o primeiro caso identificado no estado e alertou a população sobre as medidas de prevenção. Nesta quinta-feira, o parlamentar anunciou que apresentou uma emenda ao texto da Medida Provisória que destinará mais de R$5 bilhões para combate ao COVID-19.

“Propomos que a divisão dos recursos seja feita de forma justa e eficaz, garantindo, pelo menos, um leito de UTI em cada município em que forem constatados ao menos 20 casos. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), a estimativa é de que, a cada 100 pessoas infectadas pelo coronavírus, cerca de cinco precisem de internação em tratamento intensivo”, declarou.

O deputado federal José Ricardo (PT) divulgou um vídeo em que conta ter apresentei um pacote de projetos de lei e indicações ao Governo Federal para ajudar no combate ao coronavírus e, segundo ele, garantir a segurança social e renda para a população neste momento de pandemia.

O parlamentar petista também usou o Twitter para apoiar os panelaços que têm sido realizados contra o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). “Impressionante a quantidade  de pessoas  aqui em Brasília batendo panelas pela janela  de suas casas e também nas ruas, gritando ‘fora  Bolsonaro’. As pessoas estão  sentindo o desgoverno dele e as atitudes de um insano”, opinou.

No Twitter, o deputado federal Capitão Alberto Neto (Republicanos) declarou seu apoio ao Projeto de Lei 646/2020, que quer destinar verba do Fundo Partidário para as ações de combate à epidemia do Covid-19. “Quero deixar aqui meu posicionamento: sou a favor de usar a verba do Fundo Eleitoral para o combate ao coronavírus”.

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), Josué Neto (PSD) usou a sua conta no Twitter para pedir respeito ao presidente Jair Bolsonaro. O deputado afirmou que “O poder público, em todas as esferas, tem a obrigação de informar a sociedade de como prevenir o coronavírus”.

O presidente da Aleam também divulgou um artigo que produziu sobre o tema e defendeu que os R$ 6 milhões em emendas disponibilizados a cada deputado estadual sejam destinados para ações de combate ao Covid-19. “Eu aceito destinar esse valor para tudo o que for prioridade no combate ao coronavírus e colaborar para salvar a vida de amazonenses”, enfatizou.

O governador Wilson Lima (PSC) postou um vídeo em seu Facebook anunciando que fez o exame para o novo coronavírus por ter estado no mesmo evento em que o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), que testou positivo para a doença. “Garantindo a máxima transparência em tudo o que acontece no estado do Amazonas relacionado ao coronavírus, estou aqui comunicando a vocês que realizei o exame, seguindo uma recomendação da nossa vigilância em saúde. Amanhã (19) deve sair o resultado e, assim que sair, eu vou comunicá-los. Eu estou em casa e seguindo as recomendações dos profissionais de saúde”, comunicou.

O prefeito de Manaus, Arthur Vírgilio Neto (PSDB), realizou uma coletiva de imprensa no início desta semana, transmitida ao vivo pelo Facebook, para anunciar novas medidas emergenciais de prevenção ao coronavírus na capital. 

“Nosso papel é o de tomar medidas assertivas de prevenção para minimizar a propagação e os efeitos negativos que o novo coronavírus tem causado na saúde e na economia mundial. Em Manaus, algumas ações emergências foram tomadas ainda na semana passada, logo que tivemos a confirmação do primeiro caso da Covid-19, e hoje anunciamos novas decisões pautadas na preocupação em proteger o máximo de pessoas da nossa cidade”, enfatizou o prefeito.

Leia mais:
Câmara aprova decreto de calamidade pública pelo coronavírus
Governador Wilson Lima faz teste para o novo Coronavírus
Membros da bancada federal do Amazonas fazem teste para o COVID-19

Por Cíntia Ferreira, do Portal Projeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui