Projeto dá preferência às pessoas com deficiência na restituição do IR

0
137
Com a nova redação, as pessoas com deficiência terão prioridade para receber a restituição, inclusive sobre os idosos. (Foto: reprodução)

A Comissão de Direitos Humanos (CDH) do Senado Federal aprovou, na semana passada, o Projeto de Lei 6569/2019, que determina que as pessoas com deficiência tenham preferência na restituição do Imposto de Renda (IR). Após aprovação na CDH, a matéria segue agora para análise da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).

O texto aprovado no Senado é uma emenda sugerida pelos deputados federais ao Projeto de Lei do Senado (PLS) 571/2011, do ex-senador Vital do Rêgo. A matéria original foi aprovada pelo Senado em 2013, mas sofreu mudanças na Câmara dos Deputados, onde foi aprovada no ano passado. Com a nova redação, as pessoas com deficiência terão prioridade para receber a restituição, inclusive sobre os idosos.

O senador Romário (Podemos) é o relator da proposta. Em sua opinião, o projeto é positivo e torna mais clara a ordem de recebimento da restituição. “Recebemos positivamente a contribuição da Câmara, que torna mais clara a ordem de preferência a ser observada entre pessoas com deficiência e idosos. Conseguimos ver como a falta de clareza nesse dispositivo poderia gerar dúvidas e impasses para a administração”, explicou.

Romário ainda argumentou: “a prioridade no recebimento de restituições de Imposto de Renda pode beneficiar quem necessite de recursos para lidar com as despesas que a deficiência costuma impor, na forma de mecanismos de auxílio, tratamentos ou dificuldade de inclusão no mercado de trabalho”.

> Acesse o projeto aqui.

Leia mais:
Comissão do Senado analisa imposto maior para milionários
Empregador doméstico não poderá deduzir pagamento do IR

Por Cíntia Ferreira, do Portal Projeta*
*Com informações da Agência Senado

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui