Amazonas registrou o menor número de mortes no trânsito em 10 anos

0
91
FOTOS: Divulgação/Detran-AM

No mês de dezembro de 2019, o Amazonas bateu recorde na redução do número de vítimas fatais no trânsito. No período, o estado registrou o menor número de mortes do tipo em 10 anos. Com oito óbitos registrados, a redução é de 78% em relação ao mês de dezembro de 2018, quando ocorreram 38 mortes no trânsito. Em todo o ano de 2019, o estado registrou 276 ocorrências do tipo, o menor número desde 2013, quando foram registradas 345 mortes.

A redução no número de vítimas fatais também ocorreu nas semanas do Natal e Ano Novo. Em Manaus, entre os dias 24 de dezembro de 2019 e o dia 1° de janeiro de 2020, foram registradas 4 mortes em decorrência de acidentes de trânsito. O quantitativo representou queda de 20% em relação ao mesmo período entre 2018 e 2019, quando ocorreram 5 óbitos.

Em relação ao número de acidentes com vítimas lesionadas, também no período de Natal e Ano Novo, a queda chegou a 60%, na comparação do mesmo período em 2018 e em 2019, caindo de 318 para 129 ocorrências.

Os dados são da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM) e refletem o resultado das ações de educação e fiscalização do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM). Ao longo de 2019, foram realizadas 272 operações de fiscalização, um crescimento de 73% em relação ao ano de 2018, quando ocorreram 157 operações. As ações de fiscalização e educação alcançaram, no ano passado, 209.906 pessoas em Manaus e em 18 municípios do interior.

O reforço na fiscalização faz parte da estratégia do sistema de Segurança Pública, determinada pelo governador Wilson Lima e implementada pelo titular da SSP-AM, coronel Louismar Bonates, e pelo diretor-presidente do Detran-AM, Rodrigo de Sá, para reduzir o número de vítimas fatais no trânsito.

“Recebemos com muita satisfação esses números. Eles retratam exatamente o trabalho que tem sido feito desde o início da atual gestão, com apoio incondicional do nosso governador Wilson Lima e do vice-governador, Carlos Almeida, apoio operacional também do nosso secretário de Segurança, coronel Louismar Bonates, que têm nos dado apoio na construção de uma política pública de trânsito repressiva, mas também preventiva, por meio das ações de Educação para o Trânsito. Nós atingimos, em 2019, o menor número de vítimas fatais em sete anos. É bem verdade que nós gostaríamos que esse número fossse bem menor, mas é um resultado positivo. Muito dessa redução também se deve ao mês de dezembro, durante o qual nós intensificamos as nossas ações e conseguimos uma queda de 78% no número de vítimas fatais”, disse o diretor-presidente do Detran-AM, Rodrigo de Sá.

As ações de fiscalização do Detran-AM ocorrem por meio do Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot), em parceria com o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTran) e Polícia Civil. Nos 12 meses de 2019, o Departamento realizou 28.239 testes de alcoolemia, popularmente conhecido como “bafômetro”, retirando 2.530 motoristas alcoolizados das ruas.

Redução consecutiva – Em 2019, o Amazonas registrou quedas consecutivas no número de vítimas fatais no trânsito. O mês de maio teve o menor número para o mês em 11 anos, com 14 ocorrências do tipo. Em agosto, Manaus registrou o menor quantitativo de mortes dos últimos 10 anos, com 12 registros. Entre janeiro e outubro, o Amazonas reduziu o número de mortes por acidentes de trânsito ao menor patamar dos últimos seis anos, totalizando 242 ocorrências.

Investimento – Além do reforço nas ações repressivas e preventivas, o Detran-AM também investiu recursos no sistema de segurança. Durante o ano de 2019, a instituição repassou R$ 734.422,22 ao Fundo Estadual de Segurança. O repasse é estabelecido pela Lei 4.278/2016.

No ano passado, foi a primeira vez que o Detran-AM repassou o recurso desde que a lei foi aprovada. Além do recurso destinado ao Fundo em 2019, o Detran também renovou o convênio com a Polícia Militar, repassando R$ 600 mil para execução de atividades durante o ano de 2020.

“Esses repasses demonstram o compromisso do Detran com as fiscalizações, o compromisso do Detran com a segurança de trânsito e, sobretudo, com a política de trânsito estatal, que é voltada para a preservação das vidas e para ofertar segurança à população do Amazonas”, completou Rodrigo de Sá.

Com informações do Detran-AM*

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui