Irmã de Alejandro, Paola Valeiko comparece à Delegacia de Homicídios

0
300
Foto: Orlando Júnior/Rede Amazônica

Filha da primeira-dama de Manaus, Paola Valeiko compareceu na manhã desta terça-feira (22) à sede da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) para conversar com a polícia. Ela é irmã de Alejandro Valeiko, preso suspeito de envolvimento na morte do engenheiro Flávio Rodrigues dos Santos, de 41 anos.

Paola chegou à sede da delegacia por volta de 10h30. Ela caminhou pelo estacionamento até a porta de entrada da especializada acompanhada do seu advogado, mas sem grande esquema de segurança. Nesta segunda-feira, no fim da tarde, sua mãe, Elizabeth Valeiko também foi à Dehs.

Paola e sua mãe foram à casa onde Alejandro mora na noite do crime. Em entrevista que foi ao ar Fantástico, no dia 13 de outubro, a primeira-dama, com exclusividade, revelou que ela e Paola estiveram na cena do crime e que a filha usou lenços de papel para limpar o sangue no chão da casa.

“Ela é irmã do Alejandro e obviamente esteve no local no dia em que ele foi agredido. O delegado é que vai formular as perguntas. Eu não sei que tipo de informação ele quer”, afirmou o advogado de defesa da família, Felix Valois.

Um repórter questiona, então se Paola limpou a cena do crime. Valois responde: “Não sei, não estava lá. Não sei dizer”.

Ao reforçar a pergunta, relembrando a declaração da primeira-dama, o advogado remete: “Então passou [papel no chão]. A obrigação da polícia era ter isolado o local”.

O caso

O homicídio do engenheiro Flávio Rodrigues dos Santos ocorreu na noite do dia 29 de setembro após uma festa na casa do enteado do prefeito de Manaus, Alejandro Molina Valeiko. O corpo da vítima foi encontrado no dia seguinte no bairro Tarumã, na Zona Oeste de Manaus.

Reportagem do G1*

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui