Josué propõe lei que prevê árvores em novas construções

501
Manaus, AM 21/09/2019 - Em comemoração ao Dia da Árvore, deputados participam do plantio de mudas de pau pretinho no estacionamento da Assembleia Legislativa do Amazonas. O presidente Josué Neto concedeu entrevista coletiva (Foto: Alberto César Araújo/Aleam)
Com a Amazônia no foco dos debates ambientais pelo mundo, os deputados da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) realizaram, na manhã deste sábado (21), o plantio de 24 mudas da espécie de Pau Pretinho, nos canteiros do estacionamento da Casa.
O ato simbólico em homenagem ao Dia da Árvore, comemorado neste sábado, é iniciativa do presidente Josué Neto que aproveitou a oportunidade para convocar toda a sociedade ao engajamento nas ações de preservação da biodiversidade e também para anunciar a apresentação de um Projeto de Lei para arborizar os passeios públicos de Manaus.
“É um gesto simbólico, que mostra não só o compromisso do Poder Legislativo com a elaboração de Leis que protejam o meio ambiente, com ações de desenvolvimento sustentável, mas que serve de exemplo para todos, não só na Capital, como também no Interior. Manaus é uma ilha urbana dentro da Floresta Amazônica que não é tão arborizada quanto deveria ser. Temos municípios que igualmente sofrem com o calor, pela falta de árvores”, comentou Josué Neto.

Nova Lei

Um Projeto de Lei que poderá ser apresentado em conjunto pelos 24 deputados, na próxima semana, terá como proposta a exigência do plantio de duas espécies de árvores, na frente de cada nova edificação a ser construída em Manaus.
De acordo com Josué Neto, o objetivo é contribuir para a arborização da cidade. A exigência já é realidade na cidade de Belo Horizonte.
Na cidade mineira, a aprovação do projeto arquitetônico das edificações e a liberação do alvará de construção, ficam condicionadas ao plantio de árvores no passeio público.

Adesão

Funcionários, colaboradores, familiares dos deputados e a imprensa acompanharam a ação, onde o presidente da Aleam lembrou que o Amazonas possui Leis estaduais específicas para a preservação da fauna e flora, sendo consideradas rígidas, mas que precisam ser atualizadas para que o homem da região possa, com o auxílio das novas tecnologias, usufruir do meio ambiente de maneira sustentável.
“Na sexta, durante o Encontro do Parlamento Amazônico debatemos sobre essa questão. O mundo mudou desde a elaboração das Leis vigentes, temos tecnologia de ponta como a energia solar, que os outros países utilizam como principal fonte de energia limpa. Aqui, infelizmente ainda falamos na construção de hidrelétricas, o que não nos falta é sol, temos que trazer isso para o Amazonas”, analisou Josué Neto.

Pau Pretinho

As mudas plantadas pelos deputados são da espécie Pau Pretinho, árvore amazônica que aprecia o clima quente e não necessita de poda.
Cada muda ganhou uma placa com o nome do parlamentar que a plantou.
Com informações da Aleam*

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui