Energia renovável: Sepror apoiará projeto que transforma produtos orgânicos em bionergia

373

Ter uma energia limpa, sustentável e com qualidade, respeitando as normas ambientais e gerando emprego e renda para o Amazonas, poderá ser uma realidade nos próximos anos. Esta foi a proposta apresentada na noite da quinta-feira (19/09) a empresários, investidores e visitantes do estande da Secretaria de Estado da Produção Rural e Sustentabilidade (Sepror) na Feira de Agronegócios da Nilton Lins, na palestra “Como Gerar Bioenergia de Produtos Orgânicos”, ministrada pelo engenheiro químico, Gleysson Machado.

De acordo com Machado, o projeto enfocado na palestra, defendido por um grupo de investidores que busca apoio para trazer a iniciativa ao Amazonas, também engloba resíduos urbanos. “Vim a convite de investidores de Manaus, que querem fazer um projeto altamente impactante para o manauara, reaproveitando produtos orgânicos na cidade e transformando em energia sustentável. Isso acontecendo, a gente consegue produzir energia renovável, evitando a poluição de igarapés, rios e cargas orgânicas”, destacou ele.

Por outro lado, o engenheiro explica que a purificação dos recicláveis vai aumentar também a oportunidade de renda para catadores de lixo, agregando a possibilidade de desenvolver uma usina a gás com tecnologia alemã.

A zootecnista do Sistema Sepror, Meyb Seixas, explica que se trata de um projeto audacioso e inovador, envolvendo vários segmentos econômicos, como a indústria e o setor primário.

“De início eles estão propondo uma parceria conosco, para que toda matéria-prima de que eles irão necessitar, seja de resíduos da agroindústria, bem como todo resíduo da bioenergia, seja utilizada na agricultura e pecuária. Desta forma, eles necessitam ser subsidiados acerca dos subprodutos e saber qual volume é produzido na Região Metropolitana de Manaus. Além disto, como o projeto gera biofertilizantes, é fundamental a parceria com a Sepror para mediar o mercado consumidor deste subproduto”, esclareceu Meyb.

Além do Sistema Sepror, participou também da palestra o secretário executivo de Desenvolvimento da Secretaria de Planejamento de Ciências, Tecnologia e Inovação (Seplancti), Renato Mendes, que enfatizou que o assunto abordado é muito importante para o desenvolvimento da Amazônia.

“Muitos resultados positivos estão por vir, pois nossa Secretaria tem um alinhamento muito importante com a Sepror. Nós estamos trabalhando em vários projetos em conjunto, então acreditamos que esta é mais uma parceria que trará muitos benefícios para o estado do Amazonas”, finalizou Renato.

Com informações da Sepror*

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui