Espetáculo que retrata universo das travestis estreia nesta sexta (2)

486
(Foto: Divulgação)

Foi de uma forte ligação com estudos de sexualidade e gênero na contemporaneidade que nasceu o musical experimental “Efêmera”. O criador, Fran Martins, escolheu a temática LGBT para roteirizar a peça e retratar o universo das travestis, que invadirá o palco do Les Artistes Café Teatro nesta sexta-feira (2).

De acordo com Fran, apesar dos muitos direitos conquistados pelo movimento LGBT, a vida dos travestis, transgêneros e gays ainda é marcada por preconceitos, segregação e tragédias. O “Efêmera” convida a mergulhar em uma pequena parte desse universo. É um reflexo da realidade dessas pessoas, lembrado pelo glitter e muito glamour.

O espetáculo também vai fazer uso do pajubá, dialeto usado pela comunidade LGBT.

“Vamos falar da linguagem informal que a comunidade LGBT usa, que, aliás, já vem sendo usada pelo público em geral. Vamos falar de amor, de sonhos, lutas e emancipação” diz Fran.

Um musical experimental não segue necessariamente os padrões de um musical comum (como marcação de palco, melodias tocadas por músicos ao vivo e os momentos de entrada de texto e músicas). É uma versão mais livre, que permite o improviso.

Os 45 minutos de espetáculo contam sobre a vida de duas amigas travestis, Donna (interpretada por Fran) e Palmer (interpretada por Rafael Albuquerque). Donna, quase uma senhora, tenta ensinar tudo que aprendeu nesta vida sofrida, porém levando sempre em conta os momentos bons. Palmer, muito jovem, tem sonhos e esperança que sua vida possa mudar bastante. Ao ser expulsa de casa, conhece Donna e hoje elas formam uma família unida, e querem contar para todos sobre suas vidas.

“Durante o processo de criação, queríamos mostrar a questão cultural das travestis. Em geral, elas vão ensinando às outras conforme sua experiência. Então, moldamos a Donna um pouco mais velha que Palmer, que inicia sua vida nas ruas com as experiências de Donna”, explica Rafael.

Segundo Rafael, a obra ainda não está finalizada. “A obra é um processo que ainda está maturando por volta de um ano e oito meses, e acreditamos que ainda não está pronta, porém, queremos sentir o retorno do público para sentarmos e analisarmos se estamos, de fato, no caminho que queremos enquanto ator”, conta.

Serviço

Quando: sexta-feira (2) de agosto, às 19h

O quê: Espetáculo musical “Efêmera”

Onde: Les Artistes Café Teatro, avenida 7 de setembro, n° 377, Centro

Contatos: Rafael Albuquerque – (92) 984277147 e Fran Martins – (92) 99331-0231

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui