Seleção brasileira de futebol feminino lidera Grupo C e enfrenta Austrália

130
Com os três contra a Jamaica, Cristiane passa a ser a segunda maior goleadora da seleção em mundiais. (Foto: Divulgação CBF)

Depois de derrotar a Jamaica por 3 a 0, no Estádio dos Alpes, em Grenoble, no jogo de estreia da Copa do Mundo na França, nesse domingo (9), a seleção brasileira viaja na tarde desta segunda-feira (10) para a cidade de Montpellier, onde faz a sua segunda partida contra a Austrália, na quinta-feira (13), às 13h (horário de Brasília).

Com os 3 a 0 sobre as jamaicanas, o Brasil chegou à oitava vitória no jogo de estreia em oito edições de Copa do Mundo, segundo a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A vitória deu à seleção a liderança do Grupo C pelo saldo de gols. Em segundo lugar está a Itália, que venceu as australianas por 2 a 1.

Copa do Mundo Feminina 2019: Segundo gol de Cristiane do Brasil contra a Jamaica. (Foto: Reuters/Emmanuel Foudrot)

Para a manhã de hoje, o treinador Vadão (Oswaldo Fumeiro Alvarez) programou um treino, no Estádio Paul Bourgeat, em Grenoble, para as jogadoras que não atuaram ontem ou entraram no segundo tempo da partida.

De acordo com Vadão, a vitória no primeiro jogo da Copa foi merecida. “Fizemos um bom jogo, vencemos bem, é só o começo, não tem essa empolgação porque não ganhamos nada, mas arrancamos bem. Vai ser um jogo muito difícil agora com a Austrália”.

O treinador também falou sobre a participação da atacante Cristiane, que marcou três gol na Jamaica, transformando-se na segunda maior goleadora da seleção brasileira em mundiais, com dez gols, ficando atrás apenas de Marta, com 15 gols.

“Eu acho que uma atleta como a Cris, depende muito do restante do grupo, porque ela é uma especialista dentro da área, mas para fazer os gols, a bola precisa chegar dentro da área. A bola chegou e ela fez”, disse Vadão.

hat-trick de Cristiane foi o terceiro de uma jogadora da seleção em Copas do Mundo, igualando-se aos de Pretinha e Sissi. Cristiane bateu a marca de Cristiano Ronaldo, ele mesmo, o português, pois agora ela é a jogadora mais velha da história a conseguir três gols na competição, entre homens e mulheres – a brasileira está com 34 anos e 25 dias, enquanto CR7 tinha 33 anos e 130 dias quando obteve a mesma marca. Por fim, a artilheira da Copa do Mundo da França é a primeira jogadora da história a fazer três gols em Mundiais diferentes: 2007, 2011 e 2019.

Ao falar sobre a possibilidade de Marta retornar ao time na partida contra a Austrália, o treinador disse, logo após o jogo contra a Jamaica, que essa é uma questão do departamento médico, que acompanha as condições clínicas da atleta.

A atacante que, nesse domingo, acompanhou a vitória do Brasil do banco de reservas, sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda. Ela continua no trabalho fisioterápico, mas já em fase de transição para atividades no campo.

*Com informações da CBF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui