Foto de incêndio no Educandos é reconhecida em prêmio internacional

0
71
(Foto: Arquivo Pessoal)

O fotojornalista manauara Christian Braga ganhou menção honrosa no concurso Picture of The Year – POY Latam 2019, que premia as melhores imagens de fotojornalismo e documental do ano. A fotografia premiada foi feita durante cobertura do incêndio no bairro Educandos, na Zona Sul de Manaus, que atingiu pelo menos 600 casas em dezembro de 2018.

A edição Latam reuniu imagens dos países da América Latina e esse ano a votação foi realizada na cidade de Quito, no Equador.  Nomeada “Esperança em Cinzas”, a fotografia retrata um dos dois mil atingidos pelo incêndio recolhendo objetos e pertences em meio aos destroços e fumaça, um dia após o ocorrido. Ela foi publicada na Vice Brasil, representada pela agência de fotografia Farpa.

A menção honrosa foi concedida nesta terça-feira (7) na categoria “Notícias Individuais”. A fotografia foi finalista com outras cinco imagens, com temas como a crise na Venezuela, os refugiados no Mar Mediterrâneo e migrantes na fronteira com o México.

Foto foi premiada com menção honrosa em prêmio no Equador (Foto: Christian Braga)

A premiação acontece a cada dois anos em países diferentes da América Latina e premia os principais acontecimentos que ocorreram nos respectivos países. Em Manaus, outros fotógrafos como Raphael Alves e Alberto César Araújo também já foram premiados em outras edições do POY.

Para Christian, a menção honrosa serve como uma possibilidade de ampliar o debate central sobre moradia em Manaus e pelo Brasil, evidenciando conflitos e tragédias históricas pelo Brasil.

“Essa imagem representa muito pra mim, que sou manauara e pude estar presente naquele momento terrível, próximo da dor de milhares de pessoas que perderam absolutamente tudo em questão de horas, mas que mesmo assim, como a foto mostra, ainda somos capazes de ser forte para recomeçar mesmo sem esperança. Espero que essa imagem gere essa reflexão nas pessoas e que possa chegar principalmente nas estruturas da política brasileira para que também assumam a responsabilidade dessa dor, junto com todas as famílias que foram desabrigadas nessa tragédia”, disse.

A premiação

O POY Latam não tem fins lucrativos e foi criado para celebrar a fotografia documental e artística iberoamericana e se transformou em um dos concursos mais importantes do mundo. O julgamento das imagens é realizado por fotógrafos renomados e premiados de vários países e a votação é transmitida ao vivo pela internet.

Sobre o fotógrafo

Christian Braga mora atualmente em São Paulo e tem o trabalho direcionado principalmente às questões de direitos humanos e socioambientais, além de realizar projetos e documentações na Amazônia e territórios indígenas.

É membro da agência Farpa e colaborou para organizações como Greenpeace, ISA – Instituto Socioambiental, Revista Nova Escola, Folha de São Paulo, The Intercept Brasil, Al Jazeera e CIDH – Comissão Interamericana de Direitos Humanos e etc.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui