BR-319 não integra lista de obras prioritárias do Ministério de Infraestrutura

0
87
(Foto: Mary Porfiro)

Em coletiva de imprensa no Palácio do Planalto, nesta terça-feira (16), o governo federal anunciou a liberação de R$ 2 bilhões para obras de infraestrutura, além de divulgar uma linha de crédito especial para caminhoneiros, no valor de R$ 500 milhões. O ministro da pasta, Tarcísio Freitas, elencou obras prioritárias, que não incluem a BR-319.

No sistema rodoviário, a pasta anunciou prioridade para as rodovias BR-381 (MG), BR-116 (RS), BR-163 (PA), Ponte do Guaíba (RS), BR-163 (MT), BR-101 (BA), BR-242 (MT), BR-135 (MA) e “manutenções diversas”.

Apesar do anúncio não incluir a BR-319, o senador Eduardo Braga (MDB), após reunião com o chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse que o governo federal deve editar, nos próximos dias, uma Medida Provisória que viabilizará a recuperação da BR-319.

(Foto: Divulgação/Ministério de Infraestrutura)

O encontro com Onyx reuniu toda a bancada do Amazonas em Brasília, nesta terça-feira (16). Um dos focos em discussão foi a continuidade de obras na rodovia, que liga Manaus a Porto Velho.

Uma vez editada a MP, caberá ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) revisar os projetos e já fazer as licitações necessárias, segundo Braga.

A estrada ainda tem cerca de 400 km sem asfaltamento, com trechos não finalizados há mais de 40 anos. O asfaltamento chegou a ser garantido pelo vice-presidente, general Mourão, durante visita a Manaus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui