Ponte provisória restabelece acesso entre Apuí e Humaitá

205
A ponte provisória foi instalada pelo Exército

Através de sua conta no Twitter, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, informou a instalação da nova ponte provisória que retoma o tráfego na BR-230 (Transamazônica).

O trecho foi interditado no último dia 26, quando um caminhão carregado de sal e ração tentou fazer a travessia sobre o rio desabando a ponte. A estrutura metálica agora voltará a fazer conexão por terra entre os municípios de Manicoré, Apuí e Humaitá, a 332, 453 e 590 quilômetros de Manaus, respectivamente.

Comunidades como Santo Antônio do Matupi, no km 180, em Manicoré, foi prejudicada em sua produção agrícola, no desabastecimento de alimentos e outros produtos, como combustível, e no deslocamento dos moradores.

A ponte provisória foi instalada pelo Exército e é do tipo LSB, usada em situação de guerra para apoio logístico, versão moderna da antiga ponte Bailey.

Aleam pediu urgência

O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM), Josué Neto (PSD), denunciou a situação durante audiência na Casa e pediu urgência na solução do problema.

Segundo o governo, a ponte permanente será construída após o inverno amazônico, período complicado para construções por conta das chuvas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui