Primeiro casamento gay é celebrado em Santo Antônio do Içá

0
139

Foi realizado, nesta semana, o primeiro casamento homoafetivo do município de Santo Antônio do Iça, distante 882 quilômetros de Manaus. A cerimônia que selou a união cível entre Deusney Aguilar e Matheus Auanário foi celebrada pelo juiz Francisco Possidônio.

Ao celebrar o casamento, no Fórum de Justiça da Comarca, o juiz Francisco Possidônio afirmou que a união homoafetiva é um direito assegurado. “Há uma dificuldade social no reconhecimento e proteção das relações homoafetivas em razão de concepções culturais, filosóficas, religiosas, dentre outras, o que, certamente, demandará tempo para se consolidar na sociedade.”

“Importa a nós, enquanto representantes do Judiciário, assegurar às pessoas em relações homoafetivas a possibilidade de serem felizes de acordo com suas orientações e escolhas, compartilhando sonhos e projetos de vida”, disse o magistrado.

O juiz mencionou ainda que, por entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF), pessoas do mesmo sexo não podem ser impedidas de se casar. “Cabe trazer a destaque, conforme já manifestado em julgados do STF, que o sexo das pessoas não se deve prestar a ser fator de desigualação jurídica, devendo-se proibir qualquer tratamento discriminatório ou preconceituoso em razão de gênero” completou o juiz.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui