Vacinas contra H1N1 chegam a Manaus e campanha inicia na quarta-feira

0
164

Na manhã deste sábado (16) o governador Wilson Lima esteve na Secretaria de Saúde do Amazonas (Susam) para acompanhar a chegada dos primeiros lotes da vacina contra o vírus da Influenza A, o H1N1, enviados pelo Ministério da Saúde.

Nesta manhã, chegaram 480 mil doses e, até amanhã, domingo, devem checar as demais, alcançando o total de 1 milhão de doses prometidas pelo Governo Federal.

A distribuição das vacinas começa imediatamente, segundo adiantou o governador. A logística será coordenada pelo Governo, por meio da Secretaria de Saúde, e terá apoio da Casa Militar. Além disso, já há um pedido para que as Forças Armadas entrem nessa operação. O transporte e o armazenamento serão feitos obedecendo às regras da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), para garantir a qualidade das vacinas.

Segundo o governador a vacina vai chegar a todos os municípios e a estimativa populacional para a campanha de vacinação contra a Influenza no Amazonas é de 1.103.723 pessoas, que fazem parte do público-alvo definido pelo Ministério da Saúde para ser imunizado.

Prioridade na vacinação – Idosos acima de 60 anos, crianças de seis meses a menores de seis anos incompletos, grávidas, puérperas até 45 dias após o parto, pessoas com doenças crônicas (diabetes, hipertensão, portadores de doenças neurológicas, pessoas com comprometimento pulmonar), trabalhadores da saúde, profissionais da educação, povos indígenas, pessoas privadas de liberdade e profissionais do sistema prisional, estão no grupo de risco definido pelo Ministério da Saúde e terão prioridade na vacinação.

Produzida pelo Instituto Butantan, a vacina imuniza contra três tipos de vírus predominantes no Brasil –  Influenza A (H1N1e H3N2) e um tipo de Influenza B.

Campanha

A Campanha de vacinação no Amazonas começa na quarta-feira (20). O plano é fazer com que um milhão de doses possam chegar, o mais rápido possível, a 1.535 salas de vacinação da capital e do interior. Na capital, a meta é vacinar 90% das 455.083 mil pessoas dos grupos de risco.

O Governo e Prefeitura irão aproveitar a campanha de vacinação contra a influenza para a atualização das outras vacinas. Quem for se vacinar, precisa levar um documento de identidade e o cartão de vacinação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui