Ativistas lançam campanha de 21 dias contra o racismo no AM

0
442
Ythana Ísis, ícone do ativismo negro e feminista da cidade apresenta o primeiro vídeo da campanha

Criada em 2017 a campanha de 21 Dias de Ativismo contra o Racismo chega em Manaus neste ano por meio da mobilização encabeçada pelas ativistas Ythana Isis e Maria do Rio. O primeiro vídeo foi lançado na página oficial da campanha e é apresentado por Ythana.

“Os 21 dias de ativismo contra o racismo criado no Rio foi uma inspiração, percebemos o quanto ela é importante e impactante para a temática, então resolvemos trazer para Manaus”, conta Ythana ressaltando que proposta é trazer a discussão racial para o cotidiano da sociedade não somente em datas como 20 novembro.

A idealização da campanha foi feita pelaa professora e psicóloga Luciene Lacerda, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e foi inspirado no Dia Internacional da Luta contra a Discriminação Racial, instaurado pela ONU, em referência ao massacre de Shapperville, na África do Sul.

“A partir da informação é possível gerar engajamento para tornar a campanha sólida e debater sobre o tema amplamente, inclusive vencendo barreiras geográficas, a internet é uma ferramenta que usamos pra chamar o público jovem de maneira mais efetiva” conta Ythana Isis, recém formada em Engenharia Civil pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e ativista dos movimentos negro e feminista na capital amazonense.

Ela explica que o desenvolvimento da campanha se deu através da colaboratividade. “Temos produtores culturais e audiovisuais, jornalistas, comunicadores, professores e pedagogas, advogada e artistas. Os coletivos do movimento negro também abraçaram a campanha regional e nacionalmente postando o material nas suas redes”, explica.

Durante os dias da campanha o público poderá conferir muito conteúdo sobre a população negra dentre eles a: educação, legislação, cultura, ações afirmativas, literatura, intolerância religiosa, entre outros. Os conteúdos serão pautados pela informação e narrativas de vitória do povo negro.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui