Pânico e troca de tiros dentro do Hospital 28 de Agosto, em Manaus

0
79

Neste domingo, por volta das 19h, tiros foram disparados dentro do Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, em Manaus. Em nota, a Secretaria de Saúde do Amazonas (Susam) afirma que um homem, que estava internado, era “alvo” dos atiradores e foi baleado. Ele foi transferido para outra unidade hospitalar. Três homens foram presos.

Segundo o órgão, em nota oficial, o paciente que foi alvo da ação estava internado em observação após ter dado entrada no hospital poucas horas antes. Ele tinha sido vítima de ferimentos de arma de fogo à tarde e recebia tratamento no 28 de Agosto. Dentro do hospital, ele foi novamente atingido, desta vez por um dos homens que invadiu a unidade.

Para receber tratamento e por segurança, ele foi transferido para outro centro médico da capital amazonense. Durante a abordagem policial, um dos suspeitos ficou ferido após levar um tiro de raspão em uma das pernas. Ele foi levado para a delegacia. A confirmação foi do subcomandante geral Ayrton Norte, da Polícia Militar.

Os homens, segundo a PM, invadiram o hospital para atentar “contra a vida” de um rapaz que estava internado na unidade.

“Eles estavam tentando contra a vida de um infrator que estava baleado aqui e foi transferido para outro hospital. Tentaram, ousadamente. Nós já tínhamos uma equipe da Rocam aqui e agimos com inteligência”, comentou o subcomandante.

Paciente que estava internado era "alvo" de atiradores e foi transferido de hospital — Foto: Indiara Bessa/G1 AmazonasPaciente que estava internado era "alvo" de atiradores e foi transferido de hospital — Foto: Indiara Bessa/G1 Amazonas

Paciente que estava internado era “alvo” de atiradores e foi transferido de hospital — Foto: Indiara Bessa/G1 Amazonas

Os primeiros disparos foram feitos no andar térreo do hospital. A Polícia Militar isolou a área. Pacientes e acompanhantes que estavam dentro do centro médico se esconderam dentro de salas.

Um homem, que estava dentro do hospital na hora dos disparos e precisou se esconder dos suspeitos, relatou que o pânico que tomou conta dos pacientes.

“Ninguém entra, ninguém sai. Está todo mundo trancado nas salas. Todo mundo saiu correndo. Até paciente saiu correndo da maca. A polícia trancou a gente dentro de uma sala”, contou.

Toda a ação, desde os primeiros disparos até a prisão de todos os suspeitos, durou cerca de 45 minutos. Por volta das 20h15 as pessoas que estavam isoladas, por segurança, dentro do hospital, começaram a ser liberadas.

Leia à íntegra da nota emitida pela Susam

A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) informa que a ocorrência policial registrada dentro do Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto está sob controle. A Polícia Militar foi imediatamente acionada e está investigando o caso. O paciente que foi alvo da ação estava internado em observação, após dar entrada por volta das 17h, com ferimento de arma de fogo, na região do tórax. Ele foi atingido por um dos homens que invadiu o hospital, mas foi socorrido e está sendo atendido no momento, em outra unidade. A direção do Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto ressalta que o atendimento está normalizado e a segurança reforçada.

A Polícia Militar do Amazonas informa que a ocorrência foi atendida por policiais da Rocam, Força Tática e da Cicom da área, que prenderam três homens e estão em busca de um outro homem suspeito de envolvimento. Uma arma de fogo foi apreendida.

O comandante da Rocam, coronel Bruno Azevedo, informa que os policiais agiram rapidamente, detiveram os suspeitos e fizeram uma vistoria em todas as dependências do hospital, assegurando total normalidade. Segundo ele, a diligência ainda está em andamento para captura do quarto suspeito.

A direção do HPS 28 de Agosto disponibilizou imagens do circuito interno para auxiliar as investigações policiais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui